Você já conhece o Espumante tinto?

Os espumantes tintos ainda não são muito conhecidos por aqui e também não é algo fácil de encontrar, mas eles existem sim!

Você já experimentou? Muitas pessoas vão responder que não, mas isso não significa que este vinho não exista. Existem sim espumantes tintos, a quantidade e os diferentes estilos de origem são surpreendentes.

Por exemplo, na Serra Gaúcha, eles são feitos de uvas Merlot. Na Austrália, eles são feitos de Shiraz. Em Portugal, o espumante tinto não é novidade, várias regiões exploram este estilo, como a Bairrada, que utiliza a casta Baga, e o Vinho Verde, que utiliza as castas Vinhão.

Já na Espanha, se produz com Shiraz ou Grenache. Estes são apenas alguns exemplos, que comprovam que os espumantes tintos estão a ganhar cada vez mais espaço.

Apesar das diferenças de cor – do vermelho claro, quase rosa ao escuro e rubi escuro – e aromas fortes ou marcantes de frutas vermelhas ou pretas, a versão tinta do vinho espumante ainda não consegue se livrar das técnicas de refino comumente usadas em vinhos brancos e rosés.

Como é produzido o espumante tinto?

Para a produção de espumante tinto, basta produzir um vinho tinto, que fermenta uma segunda vez em tanque ou garrafa pressurizada, utilizando os métodos Charmat e Champenoise para fazer espuma respectivamente. Super simples!

Outra forma que pode ser feita é no processo normal de fermentação do álcool tinto, quando o gás natural é produzido e depois é usado o método Asti para produzir espumante tinto.

Via: Winepedia

Deisi Remus
Um sagitariana legítima e louca por gatos. Formada em Moda e adora escrever sobre as principais tendências e lançamentos de beleza. Saiu de Porto Alegre para encarar novos desafios em São Paulo.
Post criado 39

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo