Vinícola americana abre vaga para amantes de vinhos com salário de R$ 55 mil por mês

Se você é amante de vinhos, sabe falar inglês e está procurando emprego, essa vaga em uma vinícola na Califórnia é para você!

Uma vinícola de Sonoma County, Califórnia, conhecida pela produção de vinho, publicou uma vaga com um salário mensal de R $ 55 mil reais. A oportunidade também tem uma vantagem: receberá um ano de aluguel grátis.

Esta vaga foi cedida pela Murphy-Goode Winery (Murphy-Goode Winery) fundada por três amigos em 1985, que segue o lema da amizade. A empresa garante em publicação no seu site que se trata de “um trabalho muito bom” e é dirigido a quem consegue pronunciar a palavra “Cabernet”, uma casta muito utilizada pelos produtores de vinho em todo o mundo.

“Este é o emprego dos sonhos para você. Temos um trabalho que vai catapultá-lo instantaneamente para a estratosfera do vinho. Você sempre quis viver na deslumbrante região vinícola de Sonoma… com um salário de US$ 10 mil por mês e aluguel grátis por um ano?”, indaga a empresa. 

Durante os três primeiros meses de trabalho, o felizardo vai explorar todos os aspectos da colheita e fazer tarefas “intencionalmente vastas”. Depois disso, sabendo as áreas que mais lhe interessam, vai poder decidir em qual seguir nos 9 meses de contrato restantes.

Para concorrer ao cargo, os interessados devem enviar um vídeo dizendo por que são os melhores candidatos. De antemão, a vinícola já ressalta que a criatividade e o bom humor são pontos positivos para a vaga.

Mas, calma, tem alguns critérios:

Para a empresa, a qualificação mais importante para o que chama de “um trabalho realmente bom” é amar vinho. Além disso, segundo o regulamento da vaga, são aceitos candidatos que tenham mais de 21 anos. O futuro empregado também precisa ser residente legal ou estar apto a trabalhar nos Estados Unidos. 

Se você não se encaixa em algum desses pré-requisitos, ainda tem um tempo para correr atrás. As inscrições vão até 30 de junho e a previsão é que o resultado oficial seja divulgado em julho. Os candidatos serão avaliados com base no “valor da função, criatividade e design, experiência aplicável e conjunto de habilidades”. 

“Viver e trabalhar nesta bela parte do mundo é um verdadeiro presente, e aproveitamos a oportunidade de compartilhar isso com alguém que é apaixonado por vinhos. Esperamos ter uma variedade de candidatos, de dentro e fora da indústria”, afirma Rick Tigner, CEO da Jackson Family Wines, que controla a Murphy-Goode. 

Via: CNN

Deisi Remus
Um sagitariana legítima e louca por gatos. Formada em Moda e adora escrever sobre as principais tendências e lançamentos de beleza. Saiu de Porto Alegre para encarar novos desafios em São Paulo.
Post criado 39

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo