Prosecco agora é um Patrimônio Mundial da UNESCO

O Prosecco é agora reconhecido Património Mundial da UNESCO. Ou pelo menos as “colinas de Prosecco”, onde é produzida a famosa bebida, localizada no norte da Itália. 

Reconhecimento mundial pela Prosecco

Notícias que o diário regional de Veneto, Il Corriere della Sera, acolhe, transmitido pelo Correio Internacional: Por séculos, esse terreno acidentado foi moldado e adaptado pelo homem, apontou a organização. O cultivo de vinhas desde o século XVII ajudou a contribuir para a estética única da paisagem. É um lugar onde milhares de trabalhadores agrícolas construíram um futuro para si cultivando as vinhas em morros tão íngremes que não permitem o uso de máquinas agrícolas. trouxe uma verdadeira paisagem cultural à vida

Prosecco, o vinho italiano mais exportado

O Prosecco é um vinho muito popular no exterior, onde as vendas aumentaram 21% em 2019. Também é no exterior que parecemos apreciar mais, mais do que na Itália.

Segundo o La Repubblica, transmitido pelo Courrier International, das “464 milhões de garrafas vendidas no ano passado, cerca de duas em cada três foram vendidas no exterior e a Grã-Bretanha é de longe o país que a consome mais “. 

Neste domingo, as colinas de Prosecco se tornaram o 55º local classificado na Itália pela Unesco. Uma boa recompensa por este vinho sem o qual nossos aperitivos certamente não teriam o mesmo sabor. 

Deisi Remus
Um sagitariana legítima e louca por gatos. Formada em Moda e adora escrever sobre as principais tendências e lançamentos de beleza. Saiu de Porto Alegre para encarar novos desafios em São Paulo.
Post criado 39

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo