Vinícola lança os primeiros vinhos Azul e Pink do Brasil!

A vinícola Piccoli, localizada nos vales catarinenses, hoje pertencendo ao Grupo Vila Romana Bebidas, acaba de lançar os primeiros vinhos AZUL e PINK do Brasil: “Alma Azul” e “Alma Pink”.

Para se enquadrar na lei brasileira o produto foi registro como coquetel composto, pois leva a adição de corante azul e pink brilhante artificial em qual composição, os quais não alteram o sabor do produto.

Um conceito de vinho feito para fugir dos padrões.

Destinado aos que fogem do óbvio, que não tem medo de realizar seus desejos e não buscam se igualar ao simples e ao trival, mas buscam a sensualidade e o prazer independente do ambiente, do horário e de quem seja. Pessoas descoladas que vivem em busca do diferente, que aproveitam o melhor do dia e da noite, sem privações e sem medo de viver sua liberdade de escolha.

Assim a bebida carrega seu slogan: VIVEZ LA LIBERTÉ DE CHOIX.

Em toda essa revolução foi na natureza que eles encontraram a maior representatividade da sensualidade, da transgressão e do prazer.

O gato, animal visto a séculos como místico, esguio, autônomo, independente e sensual. Características estas que o assemelham ao que os conceitos de vinhos Alma Azul e Alma Pink buscam. Como se estivessem em um constante flerte entre si: Sol e lua, dia e noite, romper regrar e quebrar paradigmas.

Produzido a partir de uvas que se adaptam melhor ao solo brasileiro (uvas de mesa), e infusão de frutas, (inclusive lúpulo de cerveja), dando assim notas aromáticas naturais, leves e refrescantes.

Quer provar? Encontre aqui!

euamovinho
Um blog dedicado a todos que amam vinho! Se você se interessa por essa bebida sagrada, acompanhe sempre.
Post criado 242

Um comentário sobre “Vinícola lança os primeiros vinhos Azul e Pink do Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo