Os aromas característicos de cada tipo de uva no vinho

Cada vinho tem um aroma e sabor único, que variam de acordo com o terroir, passagem por barricas (ou não), etc. Mas existem algumas notas que são características de cada uva utilizada.

Saiba quais são os aromas característicos das principais uvas do mundo dos vinhos:

Uvas tintas

Cabernet Sauvignon: Considerada a “rainha das uvas”, tem aromas de groselha e cassis (a groselha negra), hortelã, pimentão verde, violetas e, se passar por carvalho, madeira de cedro e baunilha.

Carménère: Uma uva terrosa e vegetal, sempre deixa seu toque expressivo de pimentões, cogumelos e terra. Algumas vezes apresenta uma leve “picância” de especiarias e frutas vermelhas.

Malbec: De sabor maduro de frutas secas e especiarias, além de ameixa, geleia de cereja e um final com notas florais.

Syrah: Uma uva com bastante presença de taninos. O resultado aromático é de frutas escuras, couro, notas tostadas e até defumadas.

Merlot: É famosa pela maciez aveludada. Os aromas comuns são de ameixas, jabuticabas, especiarias, ervas e até chocolate ao leite!

Nebbiolo: A famosa cepa que dá origem aos vinhos “Barolo” e “Barbaresco”. As notas clássicas são de couro, especiarias, rosas, frutas silvestres e até charuto.

Pinot Noir: Delicada e elegante, tem aromas de cereja, framboesa e morangos em um fundo de terra úmida. Também pode trazer notas bem leves de couro e especiarias (quando envelhecido).

Sangiovese: A principal uva da Itália traz notas clássicas de violetas, ervas, folhas secas de chá, tomate e algumas vezes tabaco.

Tempranillo: A casta que faz sucesso na espanha exala aromas de frutas vermelhas e escuras, ervas, especiarias e, algumas vezes, até terra molhada ou madeira.

Uvas brancas

Sauvignon Blanc: Uma uva clássica para vinhos brancos. Tem aromas cítricos, de limão tahiti, limão siciliano, maracujá e abacaxi. Em alguns vinhos pode trazer notas de melão, pera, grama molhada, herbáceos. Envelhecida pode desenvolver aromas de pimentas verde, vermelha e até “xixi de gato”.

Chardonnay: Os aromas clássicos são de frutas cítricas, maçã verde, limão, tangerina, como abacaxi, maracujá e pêssego. Quando envelhecida em carvalho, pode apresentar manteiga e coco tostado.

Moscatel: A uva docinha, que faz os famosos Moscatéis. Tem um toque floral, com notas de frutas frescas como melão, uvas passas e pêssego.

Chenin Blanc: Uma uva bem complexa. Apresenta aromas de maçã verde, melão, toranja, acácias, madressilvas, capim-limão e até de “grama cortada”.

Gewürztraminer: A uva que faz sucesso nos vinhos alemães. Tem notas clássicas de lichias, pétalas de rosas, acácias, jasmins, mel, cravo, baunilha e até uma picância da pimenta-preta.

Riesling: A riesling tem diversas variações e é uma uvas bastante expressivas. Muitas vezes pode trazer notas de petróleo, borracha queimada, pêssego, damasco, flores amarelas, ‘grama cortada’, mel, manteiga, minerais, tangerina e melão.

euamovinho
Um blog dedicado a todos que amam vinho! Se você se interessa por essa bebida sagrada, acompanhe sempre.
Post criado 256

2 comentários em “Os aromas característicos de cada tipo de uva no vinho

  1. Fabrico sistema de automação de adega. Uso aplicativo em celular para cadastrar e buscar vinhos de acordo com a vontade,
    Cruzando informações, Tinto, Argentino, Cabernet, Augusto de escolher o vinho, mando localizar através de indicador luminoso. Pego a garrafa no escuro dentro da adega

  2. Olá enófilos. Estou iniciando os estudos do mundo do vinho. Essa matéria é sensacional e certamente vai me ajudar muito. Só falta memória para guardar tudo. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo