A diferença entre vinho seco, meio-seco e suave

Você ainda tem dúvida sobre qual é a diferença entre os tipos de vinho: SECO, MEIO-SECO e SUAVE?

Cada país tem um padrão de denominação de acordo com o açúcar residual (“açúcar” da uva que resta no fim da fermentação do vinho), no Brasil funciona assim:

SUAVE

O vinho é considerado SUAVE quando tem mais de 25 g/l de açúcar residual. Em alguns vinhos, principalmente nos brasileiros, o açúcar é adicionado. Geralmente é produzido com uvas mais comuns, de espécies americanas, como Concord, Herbermont, Niágara, Isabel e outras. A qualidade é sempre inferior que os demais e traz um sabor bem adocicado.

MEIO-SECO / DEMI-SEC

O vinho MEIO-SECO, também intitulado DEMI-SEC, tem de 5 g/l até 24,9 g/l de açúcar residual. Apesar de ser “meio-seco”, ele traz um sabor mais suave que o SECO. É uma excelente opção de vinho para quem começar a se aprofundar no mundo dos vinhos secos.

SECO

O vinho é considerado SECO quando tem até 5 g/l de açúcar residual. Por ter um baixo nível de açúcar residual, tem um sabor mais seco e pode ser feito com uvas americanas (no caso dos vinhos brasileiros) ou européias (cabernet, merlot, malbec, etc.). É o preferido dos apreciadores de vinhos!

OBS: Na Europa o limite para o vinho Seco é de 4 g/l de açúcar residual.

Avatar
32 anos, blogueiro, músico e apaixonado por vinhos. Formado em Propaganda & MKT, é blogueiro há mais de 10 anos. Atualmente trabalha com conteúdo para internet e se aventura no mundo musical.
Post criado 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo