Vinho tinto Jovem é mais benéfico do que os Envelhecidos, segundo estudo

Um estudo conduzido pela CQUniversity, Universidade Central de Queesland, na Austrália, e publicado no Australian Journal of Grape and Wine Research, analisou 16 vinhos com idades variando de 1 a 6 anos, para ver o efeito do envelhecimento no resveratrol, o famosos antioxidante natural presente no vinho tinto que tem efeitos cardiovasculares, antiinflamatórios e antidiabéticos comprovados.

O objetivo do trabalho era descobrir se o resveratrol presente no vinho aumentaria com o armazenamento, por causa da hidrólise (a quebra química do biocomposto conforme ele reage com a água), no entanto, após os pesquisadores testarem os vinhos no início do estudo e novamente após 16 meses de armazenamento, eles descobriram que as concentrações de resveratrol no vinho diminuíram em uma média de 76% ao longo do tempo, com a taxa de degradação se mostrando independente das condições de cultivo ou ano de colheita.

O pesquisador principal, Dr. Mani Naiker, afirmou em entrevista à ABC news que houve uma grande diminuição na concentração do importante composto benéfico à saúde.

Sendo assim, os pesquisadores concluíram que os vinhos jovens são bem mais benéficos para a saúde do que os que têm envelhecimento, logo que eles têm maiores concentrações de resveratrol.

Mais um bom motivo pra tomar vinhos jovens no dia a dia, para garantir saúde. E abrir os envelhecidos (e geralmente mais caros) para momentos de celebração!

euamovinho
Um blog dedicado a todos que amam vinho! Se você se interessa por essa bebida sagrada, acompanhe sempre.
Post criado 239

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo