Descubra como surgiu a rolha de cortiça

Atualmente existem rolhas de cortiça, sintética, rosca e até de vidro. No entanto, a mais famosa continua sendo a clássica de cortiça.

O que é?

A cortiça é um material extraído da casca do sobreiro, carvalho da espécie Quercus suber, bastante cultivado em Portugal. É um tecido vegetal impermeável e flexível ao mesmo tempo e pode ser comprimida até metade do seu volume sem perder a elasticidade. É considerada o material mais nobre para selar vinhos e só pode ser retirada de árvores com idade entre 25 e 30 anos. Após a primeira extração, deve-se aguardar 9 anos para extrair novamente. O sobreiro pode fornecer em torno de 12 extrações de cortiça durante sua vida.

Diferentes tipos

Existem diferentes tipos de rolhas para vinhos.

A maciça, que é feita, como no nome já diz, da cortiça maciça e é considerada de melhor qualidade.

A de aglomerado de cortiça é produzida com as sobras da cortiça macila, que são moídas e coladas. É mais barata e tem menor durabilidade e elasticidade.

E a rolha de champagne, que tem formato de cogumelo, com duas partes diferentes. A superior é produzida a partir de aglomerado e a inferior, elástica e maciça.

História

O uso da rolha de cortiça em vinhos foi adotado quando a bebida passou a ser armazenada em recipientes com um formato padronizado. Antes da rolha, o vinho era consumido fresco,pois não havia um modo eficiente de vedá-lo.

O início do seu uso para vedar vinhos é atribuído ao monge francês, dom Pérignon – sim, o mesmo do champanhe, no século XVII. Elas possuíam o formato cônico até o século XIX, quando equipamentos foram desenvolvidos para introduzi-las nas garrafas, assim podendo ter o formato cilíndrico.

Também no mesmo século surgiram as primeiras rolhas de aglomerados e no início do XX, surgiram as rolhas de duas peças.

Já a tampa de rosca  foi patenteada por Dan Rylands, em 1889. Começou a ser utilizada em garrafas de whisky em 1926 e foi um enorme sucesso. É utilizada em saquês, azeites e outros produtos. É uma das opções mais cotadas para substituir as rolhas de cortiça em vinhos, o que gera uma grande controvérsia.

Via: CDV e Super.

euamovinho
Um blog dedicado a todos que amam vinho! Se você se interessa por essa bebida sagrada, acompanhe sempre.
Post criado 239

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo