Chambertin, o vinho preferido de Napoleão Bonaparte

Napoleão Bonaparte foi um líder político e militar bem importante para os franceses, principalmente durante os últimos estágios da Revolução Francesa.

É bem sabido, por inúmeras histórias e anedotas, que ele era um bon vivant de primeira linha, famoso por ser amante de fumo, mulheres e muito, muito, vinho.

Documentos encontrados por historiadores relatam que Bonaparte e sua entourage consumiam por dia cerca de 50 garrafas de vinho (haja vinho, hein?).

Além do Champagne, um vinho tinto recebe destaque na sua preferência: Chambertin.

Chambertin é uma AOC (Appellation d’origine contrôlée) da sub-região Côte de Nuits da Borgonha, tendo o Pinot noir como a principal variedade de uva.

Ele gostava tanto do Grand Cru de Chambertin que costumava transportar alguns barris consigo em suas viagens, como fez nas campanhas da Espanha, Itália, Áustria e até do Egito.

Sobre o vinho, ele tem uma frase: “Nada faz o futuro parecer mais cor de rosa do que contemplá-lo através de uma taça de Chambertin”.

Segundo relatos, Napoleão gostava de tomar o vinho misturado com um pouco de água (era um costume da época). O que deixava a bebida um pouco mais fraca e na cor mais para rosé (fazendo sentido a frase).

euamovinho
Um blog dedicado a todos que amam vinho! Se você se interessa por essa bebida sagrada, acompanhe sempre.
Post criado 239

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo